Translate this Page

ONLINE
10


PASTOR NORBERTO

NO FACEBOOK

CLIQUE:

 

 TOTAL DE

PAGEVIEWS

-   

11.313.536

      -

 

 TOTAL DE

VISITANTES

 


APANHADO PELOS TENTÁCULOS DA MORTE

 APANHADO PELOS TENTÁCULOS DA

 

MORTE

 

O maior desejo do ser humano é o de ser feliz.

Em sua busca pela felicidade os homens procuram caminhos diversos, muitos destes caminhos se apresentam como fontes de alegria, prazer e realização pessoal, mas, ao final, conduzem estas pobres vidas a um triste e desesperador fim.

A Palavra de Deus adverte sobre esse perigo: “Há caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte” - Provérbios 16.25

Foi justamente o que aconteceu com Davi, um jovem de classe média, que buscava a tão sonhada felicidade, e achou que podia  encontrá-la nos caminhos da homossexualidade.

Durante anos ele foi exortado pelos seus pais e amigos a não se enveredar por este caminho, porém, um dia, Davi se rebelou contra tudo e contra todos e fez a sua escolha, afinal de contas ele tinha o direito de procurar a sua felicidade e ser dono do seu próprio destino.

No dia que ele saiu de casa, sentiu seu coração ferver de tanta alegria, ele estava livre!

Acolhido por muitos “amigos” foi vivendo nas tortuosas estradas da existência e se transformando radicalmente.

Os implantes de silicone mudaram o seu corpo, operações plásticas alteraram o formato do seu rosto, seus trejeitos eram cada dia mais femininos, seu nome foi mudado e ele passou a  ser conhecido por Mônica.

Quantos prazeres! Quantos amigos! Quanta alegria!

Ele podia viver do jeito que queria, não havia ninguém que lhe ditasse regras, ou que lhe dissesse sobre o que é certo ou errado.

Rapidamente as portas da prostituição se abriram diante dele, clientes não lhe faltavam, muitos elogiavam seu corpo escultural e seu rosto bonito, Davi  sentia seu ego ir as alturas, ele era o máximo.

Muito dinheiro passava por suas mãos, as noitadas eram alucinantes, não havia limites nem barreiras para ele, seus desejos, quaisquer que fossem eles, eram plenamente satisfeitos. Aquilo sim é que era viver!

Os dias foram passando e ele notou que precisava de algo mais, foi então que lhe apresentaram as drogas. Experimentou a maconha, pouco tempo depois a cocaína, e não demorou para que Davi se tornasse um dependente dos tóxicos, e, sem que percebesse, estava sendo arrastado para um profundo abismo, que levaria sua vida a uma terrível destruição.

Um dia, ele se sentiu mal, estava febril, tomou alguns analgésicos, fortificantes e vitaminas, mas a febre e a fraqueza física que sentia persistiam, sua resistência estava muito baixa, um simples resfriado o abatia muito. Notou também que estava emagrecendo, seu corpo tão escultural começou a ficar flácido e decaído. Ele então resolveu procurar um médico, e foi aconselhado a fazer alguns exames, dentre os quais o teste do HIV, afinal de contas Davi fazia parte de um dos grupos de risco desta doença.

Alguns dias depois, os exames ficaram prontos e ele tomou conhecimento de algo muito triste e desalentador, estava com AIDS.

Davi se apavorou, uma enorme revolta tomou conta do seu coração, ele era tão jovem, havia imaginado um futuro só de prazeres, alegrias, festas, orgias e sonhos, a AIDS não fazia parte de seus planos, como podia estar acontecendo uma tragédia dessas logo com ele?

Naquela tarde em que recebeu do médico o resultado, foi para seu quarto e chorou muito, um choro convulsivo, um pranto de desespero, dor e tristeza.

Davi foi se acabando lentamente, os medicamentos não surtiam os efeitos esperados, seu corpo foi definhando, seus órgãos vitais foram paralisando, feridas apareceram em sua boca e cobriam todo o seu corpo.

Seus amigos, que sempre juraram amizade a toda prova, desapareceram misteriosamente, nunca vieram lhe fazer uma visita ou dar uma palavra de apoio. Davi se sentia esquecido, rejeitado e abandonado.

Aquele jovem agonizou e morreu sozinho numa enfermaria  de um hospital, sua família foi avisada, mas ninguém veio reclamar o seu corpo e ele foi sepultado como indigente.

Quando tomei conhecimento da triste história de Davi, fiquei a pensar em quantos que estão vivendo como ele, procurando a felicidade e encontrando tão somente desilusão  e  morte.

Se esta é a sua realidade, ainda a tempo de mudar, você precisa saber que o segredo da felicidade está ligado à presença de Deus em  nossa vida diária.

Assim, quem tem neste maravilhoso Deus a sua fonte de felicidade, não dependerá de ter riquezas,  experimentar os prazeres que o mundo oferece ou de qualquer outra circunstância para ser feliz, pois a felicidade que encontramos em Deus está alicerçada na esperança e na vida que temos nEle, no verdadeiro amor e na genuína alegria que Ele nos dá a cada dia.

Você está à procura da felicidade? Você quer ser feliz?

Abra o seu coração para a presença de Deus, pela fé deixe que Jesus Cristo faça uma linda e revolucionária operação em sua alma,  e  você verá que a sua vida vai mudar.

Este é o segredo para se ter uma vida realmente feliz.

"JUNTO A DEUS HÁ SEMPRE A MAIS PROFUNDA ALEGRIA" -  Salmo 16:11