Translate this Page

ONLINE
5


PASTOR NORBERTO

NO FACEBOOK

CLIQUE:

 

 TOTAL DE

PAGEVIEWS

-   

11.278.914

      -

 

 TOTAL DE

VISITANTES

 


TOMEI A DECISÃO DE NÃO SER ATEU

TOMEI A DECISÃO DE

 

NÃO SER ATEU

 

Nos meus tempos de juventude, confesso, eu tinha sérias dúvidas sobre a existência de Deus. Então fui fundo e me dediquei a ler e estudar sobre este assunto; naquela época as idéias do comunismo ateu eram difundidas pelo mundo de forma avassaladora, então resolvi analisar opiniões de cientistas famosos, filósofos e teólogos, examinei dados de pesquisas, meditei sobre isso, e, cheguei à conclusão que era impossível não acreditar na existência do Criador.

Foram tantas as evidências da existência de um Ser Superior que rege o infinito universo, comanda os acontecimentos no planeta Terra e coordena as coisas mais elementares e singelas da vida, que não havia como não crer em Sua existência.

Conta-se que um erudito cientista ateu, se encontrou com um simples lavrador e lhe perguntou: “O senhor crê na existência de Deus?”

O homem respondeu enfaticamente: “Claro que sim”.

O cientista continuou: “Então eu o desafio a mostrar para mim onde Ele está”.

E o humilde lavrador retrucou: “Não, eu é que desafio o senhor a me mostrar onde Deus não está”.

Roberto Boyle, considerado o pai da química moderna afirmou que “pelo conhecimento das obras de Deus nós o conhecemos”.

É interessante, que cremos sem pestanejar, que para todas as coisas criadas neste mundo existem pessoas que as planejaram e construíram.

Acreditamos que o computador não apareceu por acaso, alguém projetou e trabalhou para que ele existisse. O avião não surgiu num passe de mágica, cremos que engenheiros altamente capacitados projetaram essas incríveis máquinas voadoras, enfim, cremos que tudo o que existe em nosso mundo material foi criado por alguém.

Mas, quando se trata da natureza, do universo e da vida, então mudamos a nossa forma de crer,  e passamos a formular nossas teorias, e chegamos à conclusão que tudo ocorreu por acaso, estamos aqui graças a uma séria de eventos aleatórios que aconteceram sem nenhum controle. 

O biólogo Edwin Conklin disse: “A probabilidade da vida se originar por acaso é comparável à probabilidade de um dicionário completo surgir como resultado da explosão de uma gráfica”.

Não somos capazes de admitir que por trás desta magnífica arquitetura e engenharia que nos cerca, há um ser que tudo projetou. Na verdade, falta-nos um mínimo de sensibilidade e humildade para perceber a manifestação do criador em meio a tantas evidências.

Pense comigo e reflita, quem teria o poder de colocar um punhado de argila no interior da terra e, através da ação do fogo transformá-la em lindas ametistas com formatos e colorações variadas que encantam os nossos olhos.

Quem formaria o carvão nas entranhas do solo e, mediante a combinação do fogo e a pressão dos montes e das rochas, transformaria esse carvão em resplandecentes e valiosos diamantes?

Quem regula as ondas do mar para que elas se quebrem na praia à razão de 26 ondas por minuto, tanto na calma como na tormenta?

Como gigantescas árvores, pesando toneladas, permanecem em pé, até por centenas de anos, sustentadas tão somente por simples raízes que estão a poucos metros da superfície da terra?

Quem mantém o nosso planeta no infinito universo (estima-se que só na Via Láctea haja 50 bilhões de planetas), com um eixo de rotação com inclinação exata de 23,5°, o que propicia que ocorram as quatro estações do ano?

Como a Terra gira uma vez a cada 24 horas produzindo o dia e a noite sem nunca parar?

Por que a nossa atmosfera tem a espessura e composição exatas para servir como um filtro para os raios ultravioletas e cósmicos que são nocivos à vida?

Se o Sol estivesse um pouquinho mais perto da Terra, toda a água do nosso planeta evaporaria, um pouco mais distante e toda a água congelaria. Quem determina que a Terra se mantenha nesta exata distância do Sol para que tais catástrofes não aconteçam?

Considere o cérebro! Em somente 1.400 gramas de matéria hospedamos entre 10 a 100 bilhões de neurônios (tantos como o número de estrelas da nossa galáxia). Cada neurônio estabelece entre 5.000 e 50.000 conexões com suas células vizinhas. O que equivale a construir uma rede neuronal intercomunicada por 100.000.000.000.000 conexões. Como surgiu esta tão complexa, funcional e fascinante estrutura?

E o olho humano? Nossa retina é impressionante e assustadora, seus 100 milhões de bastonetes e de cones, e sua camadas de neurônios, realizam pelo menos 10 bilhões de cálculos por segundo! Seria possível a visão humana ter surgido por acaso? Darwin admitiu isso, e escreveu: “Parece impossível ou absurdo, reconheço-o, supor que a evolução pudesse formar a visão” - A Origem das Espécies, pág. 168.

Concluindo:

Só não crê na existência do Deus Todo Poderoso, que criou e rege todas as coisas, aquele que está cego pelo orgulho, iludido pela vaidade e enganado pelo sentimento da auto-suficiência.

Estes são os homens (e muitos deles cultos e eruditos) que tristemente vivem de idéias abstratas, de expectativas vazias, de conjecturas tolas, de teorias que não passam tão somente de teorias (ex. a teoria da evolução), e de divagações que levam do nada ao lugar nenhum.

A Palavra de Deus chama tais pessoas de néscios, ou seja ignorantes, insensatos, estúpidos: “Diz o néscio no seu coração: Não há Deus”  - Salmo 14:1.

Um dia, eu tomei esta sábia decisão, decidi não ser um néscio, preferi crer em Deus, amá-lo por tudo o que Ele é, agradecê-lo por seus incríveis e poderosos feitos e servi-lo com toda a devoção da minha alma, viver assim é muito bom, passei por esta incrível experiência  há mais de 30 anos e valeu a pena, experimente e você verá!!!