Translate this Page

ONLINE
8


PASTOR NORBERTO

NO FACEBOOK

CLIQUE:

 

 TOTAL DE

PAGEVIEWS

-   

11.295.863

      -

 

 TOTAL DE

VISITANTES

 


UM DESEJO INCONTIDO DE PREGAR

Compulsão Para Pregar o Evangelho

 

“Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois

sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim

se não pregar o evangelho!” - I Cor. 9:16

Algumas décadas após o  naufrágio do Titanic os seus destroços foram descobertos e fotografados no fundo do Atlântico Norte. Para a surpresa de muitos constatou-se que o Titanic não se encontrava no local onde imaginavam que ele houvesse naufragado. Uma investigação recentemente concluída revelava que era falsa a alegação feita pelo comandante do SS Californian, de que seu navio estava "muito distante" do Titanic para lhe resgatar os passageiros. Se essa conclusão é verdadeira, que terrível exemplo de indiferença para com a vida humana nos deixa este comandante! Mas, graças a Deus, nem todos foram tão insensíveis como aquele comandante em relação às mais de 1.500 almas que pereceram naquela noite.

Quatro anos depois que o Titanic naufragou, um jovem escocês levantou-se numa reunião em Hamilton, no Canadá, e contou:

- Eu sou um dos sobrevivente do Titanic. Estando eu à deriva sozinho, agarrado a um pedaço de madeira  que flutuava, as correntes trouxeram John Harper, o pregador de Glasgow, para perto de onde eu me encontrava, e em alta voz, ele me perguntou:

- Homem, você está salvo?

 E eu respondi: - Não, não estou.

E ele me admoestou dizendo: - Creia no Senhor Jesus Cristo, e será salvo.

E fomos separados. Pouco tempo depois, as ondas nos aproximaram novamente e ele perguntou novamente: - Você está salvo agora?

E eu respondi: - Honestamente, não posso dizer que já esteja.

E ele simplesmente repetiu enfaticamente: - Creia no Senhor Jesus Cristo, e será salvo.

Pouco depois, fomos separados pela última vez. Foi então que, sozinho naquela terrível e interminavel noite, aceitei a Jesus Cristo como meu Salvador, eu sou o último fruto da vida de John Harper.

Foi esse o tipo de preocupação pelas almas que Paulo manifestou quando disse: "Ai de mim se não pregar o evangelho!" E é este o tipo de interesse que todos os cristãos devem ter.

No corpo de Cristo não recebemos os mesmos talentos, mas devemos usar aqueles que nos foram concedidos para ajudar a salvar outras pessoas.