Translate this Page

ONLINE
8


PASTOR NORBERTO

NO FACEBOOK

CLIQUE:

 

 TOTAL DE

PAGEVIEWS

-   

11.295.863

      -

 

 TOTAL DE

VISITANTES

 


PODER, TESTEMUNHO E EXTENSÃO DA OBRA MISSIONÁRIA

ATOS 1:8

 

PODER, TESTEMUNHO

 

E EXTENSÃO DA OBRA MISSIONÁRIA

 campanha,campanhas,candidatos,comunicações,discursos,eleições,falando,gestos,governo,homens,machos,pessoas,política,políticos

 “... mas recebereis poder ao descer sobre vós

o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas

tanto em Jerusalém, como em toda Judéia

e Samaria, e até aos confins da terra”  – Atos 1:8.

 

Neste versículo encontramos condensado o plano missionário de Deus para a sua igreja.

Observe que missões começa no poder do Espírito Santo.

“...mas recebereis poder ao descer sobre

vós o Espírito Santo...”

O Espírito Santo é quem dirige, motiva, impulsiona e leva a igreja cumprir sua tarefa missionária. Se uma igreja diz que tem o poder do Espírito Santo e não têm visão missionária, então esta igreja está mentindo. Ela, com certeza, não tem o Espírito Santo.

Se outra igreja diz que é missionária, mas despreza o poder do Espírito Santo, qualquer obra missionária que esta igreja realizar será tão somente um movimento que estará fadado a um fracasso total.

Na verdade, é impossível realizar a obra missionária sem o revestimento do Espírito Santo. Observe que todas as vezes que a Igreja Primitiva foi revestida do Espírito Santo, houve imediatamente a salvação de muitas almas e um grande movimento de missões. O resultado do derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecostes foi a salvação de quase três mil almas – Atos 2:41. Mais adiante, cerca de cinco mil almas foram salvas – Atos 4:4. Depois disso tudo houve um grande movimento missionário – Atos 17:6.

Na história dos avivamentos o mesmo aconteceu. A Igreja foi revestida do poder do Espírito Santo e almas foram salvas e a Igreja levou o evangelho a outros povos.

Se quisermos ver nossas igrejas crescendo, o Reino de Deus sendo implantado e o evangelho sendo pregado a todas as nações até os confins da terra, precisamos do poder do Espírito Santo.

Continuando a analisar o texto de Atos 1:8 vamos ver que o resultado direto de uma vida cheia do Espírito Santo é o testemunho do povo de Deus diante do mundo:

“...e sereis minhas testemunhas...”

Jesus Cristo chama-nos para sermos Suas testemunhas. Testemunha é uma pessoa que viu algum acontecimento e é solicitada para relatá-lo, para testificá-lo. Jesus quer que sejamos testemunhas do que Ele fez e está fazendo por  nós e em nós.

Deus nos ordena através da Sua Palavra, que sejamos testemunhas das bênçãos que Ele nos dá, e essas bênçãos têm uma razão de ser: para que o mundo veja e creia.

Veja como o salmista fala sobre isso no Salmo 67:1-3:

“Seja Deus gracioso para conosco, e nos abençoe, e faça resplandecer sobre nós o seu rosto, para que se conheça na terra o teu caminho; em todas as nações, a tua salvação. Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te os povos, todos”.

Analisando ainda Atos 1:8 vamos observar os locais onde, no poder do Espírito Santo, devemos dar o nosso testemunho.

Jesus apresenta-nos quatro lugares onde devemos realizar a nossa tarefa missionária:

1) Jerusalém: Esta era a cidade onde os discípulos viviam e estavam reunidos quando receberam esta ordem. A nossa Jerusalém é a cidade onde vivemos. Devemos ser testemunhas de Jesus no nosso trabalho, entre os nossos vizinhos, amigos e parentes. Precisamos saturar a nossa cidade com as Boas Novas de Salvação, pregando nas esquinas, nas praças, nas ruas, nos bares, nos supermercados, de casa em casa, anunciando a todos acerca do evangelho.

2) Judéia: Esta era a província que tinha Jerusalém como capital. Jesus estava querendo dizer aos seus discípulos que eles deveriam sair de Jerusalém e pregar também a todo o estado. Nossa Judéia  é o nosso estado. Nosso horizonte missionário não deve se prender somente à cidade onde vivemos, mas também a todo o nosso estado.

3) Samaria: Quando Jesus se referia a Samaria Ele estava mostrando aos seus discípulos uma região mais distante e  maior  do que  Jerusalém e  Judéia. A nossa Samaria é o Brasil. Nossa pátria constitui-se num grande desafio missionário que vai muito além da nossa cidade e do nosso estado.

4) Confins da Terra: Jesus queria deixar para os seus discípulos uma visão ainda mais abrangente da obra missionária a ser realizada. Até os confins da Terra, ou seja, o evangelho deveria chegar a todos os povos, línguas, raças, tribos e nações. Esta deve ser também a nossa visão – O EVANGELHO ATÉ OS CONFINS DA TERRA!

Assim, que cada um de nós, à luz deste maravilhoso texto de Atos 1:8  sejamos verdadeiros missionários. 

Que possamos nos revestir do poder do Espírito Santo, sendo testemunhas poderosas de Deus a começar de nossa cidade, passando por    nosso estado, nosso país e que cheguemos até os confins da terra, anunciando que Jesus Cristo é o único Senhor e Salvador do homem.